Comilança em Gramado e arredores

Hello gente linda! Hoje vou contar um pouquinho dos lugares que visitei, oooops, nos quais  comi, em Gramado e arredores. Eu não sei vocês, mas AMO comer! E para mim um lugar para comer também tem de me agradar em outros aspectos, não somente no sabor. Primeiramente, o local tem que ser agradável, confortável, com uma iluminação legal, quando entro em locais com o teto altíssimo, tudo branco e a luz fluorescente…me sinto em um hospital psiquiátrico (daqueles de filme americano kkk) e nem olho o cardápio…dou meia volta e Adiós! Eu sei que pode ser até um preconceito bobo, mas comer para mim é uma experiência em vários sentidos e se não me sinto confortável ou à vontade em um local, porquê deveria permanecer no mesmo?

Neste momento você deve pensar: nossa que doida! Pois é…de perto ninguém é muito normal. nem eu kkkk! Mas além disso, outro fator influencia e muito para o meu padrão de restaurante: limpeza; e não somente a limpeza do prato, mas também do ambiente, porque já desisti de comer em muitos lugares por achar o salão principal (onde as mesas são dispostas) sujo e desorganizado. Para mim, se a limpeza não inclui o salão principal (que é justamente o local onde o fluxo de pessoas é muito grande), imagina a cozinha deste estabelecimento? NANANINANÃO! Não dá! Em seguida, observo o serviço: os garçons são simpáticos, te atendem bem? Porque um serviço ruim espanta qualquer pessoa e confesso…Não costumo tolerar muita falta de educação e delicadeza à mesa e tratar uma pessoa mal no momento da refeição para mim deveria ser crime inafiançável (drama queen), imagina pagar para ser mal servido? Estou fora!

Outra coisa que observo muito é o preço! Não nasci milionária, (quem sabe na próxima encarnação?) então para mim, um restaurante tem que ser acessível ao meu bolso. Não vou me apertar para poder comer em um restaurante caro só porque o mundo inteiro diz que é bom. Até porque, o mundo inteiro pode ter um gosto diferente do meu. Obviamente que já fui a restaurantes mais caros, mas fui sabendo o que me aguardaria; sempre leio o cardápio na internet antes de experimentar, pois acho deselegante sentar e do nada ir embora e mais deselegante ainda pagar um preço abusivo por uma refeição que não vale nem um décimo de seu preço. E por último, mas não menos importante: o sabor da comida. O  perfume do prato e a organização da comida também contam. Hummm…Já está me dando fome. Enfim, quando consigo encontrar um lugar em que todos os aspectos mencionados são perfeitos, me sinto entrando no céu! Então, baseado na minha seletividade para escolher restaurantes, recomendarei alguns dos lugares que visitei e que gostei bastante. Vem comigo…

Colina Verde em Nova Petrópolis

Só de lembrar a comida já começo a salivar. O local te conquista primeiramente pela vista: UAU! Imagina almoçar em um restaurante no alto de uma colina cercado pela vegetação nativa da Serra gaúcha e respirando um ar puro de encher os pulmões; e olha que você nem entrou no restaurante. Imaginou? Agora entre e se sinta numa casa ítalo-germânica, com direito a lareira, decoração fofa, funcionários vestidos a caráter, muitos prêmios do guia quatro rodas na parede, um ambiente acolhedor e uma profusão de comida que parece não acabar nunca! E o que dizer do preço? Até barato se comparado aos praticados no Rio de Janeiro para comer apenas um prato! E vou confessar, não consegui provar tudo, não cabia kkk. Mas provei muita coisa que jamais imaginei gostar, como nuca de porco (eu não curto carne de porco, mas estava muito saborosa), matambre e uma infinidade de outras iguarias deliciosas. E quando você acha que já acabou, eles te oferecem a sobremesa: uma bandeja cheia de opções de sobremesas e você logo pensa: vou escolher uma; mas aí você descobre que a sobremesa é a vontade, ou seja, se você quiser comer TODAS as opções da bandeja…ok! A única que não está incluída é o apfelstrudel de maçã (minha gula nem sentiu falta naquele momento).  O suco de uva também é divino e inclusive o suco de uva rosé/moscatel (nunca tinha visto mas gostei muito).Gente…uma orgia alimentar inesquecível! Vale cada caloria ingerida!

Il Piacere em Gramado

Este restaurante é anexo ao Hotel Giardino di Pietra, no qual estava hospedada, na Avenida Borges de Medeiros e vale muito a visita. Você deve estar pensando: mas com tanto restaurante em Gramado, você comeu no restaurante do Hotel em que se hospedou? Sim! O restaurante é aconchegante, o serviço é muito bom, o preço é mais salgado (vale lembrar que em Gramado os restaurantes são mais caros, ok?), mas não tem como você não entrar…o cheirinho da pizza a lenha te convida a todo momento. O forte da casa são as carnes, mas sabe aqueles dias em que tudo o que você quer na vida é uma fatia de pizza generosa? Pois bem, foi este dia! E não me arrependi! Sou muito fã de pizza e lá existe a Margherita gourmet: muzzarela, molho de tomate, grana padano, queijo de búfala, tomatinho italiano e manjericão. MEODEOS!!! Adentrei o paraíso naquele momento, juro! Também provamos a pizza Il Piacere que também é muito saborosa. E como se não bastasse, fechamos com uma de banana (Semigelia) e de doce de leite com castanha de cajú (Pará). As pizzas são muito saborosas, a massa é fininha, crocante e fresca. Valeu a pena!

Cantina Pastasciutta em Gramado

Mangia che te fa benne! Quer comer uma comida veramente italiana? Saborosa? Bem servida? Então este é o lugar. O Pastasciutta fica na mesma Avenida do Hotel em que me hospedei, a Av. Borges de Medeiros. Já aviso que chegar depois das 20h significa mofar na fila de espera pois o local é super conhecido e concorrido. Mas se puder aguardar na fila…não vai se arrepender! Ao entrar na Cantina, você é transportado para a Itália imaginária: decoração nas cores verde, branco e vermelho; toalhas quadriculadas em algumas mesas; presuntos e queijos pendurados, uma ilha de antipasti que é uma perdição, garçons solícitos e…fartura nos pratos! Os preços são salgados, masssssss é MUITO bem servido, ou seja, quando indicar que um prato serve 2 pessoas, acredite: serve até 4! Eu não sou boba nem nada e já fui logo na ilha de antipasti provar a bruschetta e as pastinhas maravilhosas de lá (vale ressaltar que os antipasti são à parte e são por kilo). O esquema no Pastasciutta é escolher o tipo de massa (são 12 tipos diferentes) e então escolher o tipo de molho; o preço é de acordo com o molho escolhido. Pedimos um talharim com molho de camarão divino, mas provei a lasanha da casa que vem com frango e só posso dedicar todo o meu amor à esta lasanha (detalhe que não curto lasanha, mas esta realmente me pegou de jeito). A lasanha é bem servida, serve até 4 pessoas (desde que não estejam muito famintas) e o talharim creio que serve até 3 pessoas. Saí de lá feliz, contente, e um pouco mais italiana! kkk

Chateau de la Fondue em Gramado

Sabe quando você quer comer em um local especial, com luz baixa, velas, música ao vivo, serviço primoroso e comida maravilhosa? Então, eu queria algo assim para comemorar meu aniversário e decidi experimentar o Chateau de la Fondue. O Chateau fica na Rua João Corrêa, ou seja, muito próximo da Avenida Borges de Medeiros, onde me hospedei e já aviso que a casa é bem concorrida aos sábados, então procure chegar antes das 20h. O ambiente é acolhedor com velas nas mesas e luz baixa, uma extensa carta de vinhos, decoração elegante e música ao vivo (que eu não curti, pois achei que o cantor apenas “recitava as músicas”). Já que eu estava numa casa tradicional de Gramado, decidi provar a famosa “sequência de fondue” na pedra e acertei em cheio! Existem inúmeras casas de fondue em Gramado, mas para mim o Chateau de la Fondue é inigualável! A sequência é cobrada por pessoa, mas inclui o fondue de queijo, que acompanha batatinha cozida, pedaços de pão, brócolis japonês cozido e goiabada; o fondue de carnes feito na pedra, que tem frango, carne de porco, filé mignon e linguiça e mais 12 tipos de molhos repostos a hora que desejar e o fondue de chocolate com oito tipos de acompanhamentos como banana, morango, maçã, melão, uva, entre outros. Eu só tenho uma palavra para descrever esta experiência: deliciosa! O fondue na pedra é gostoso porque as carnes saem  sequinhas (detesto comer fondue tradicional e pegar a carne boiando no óleo) e você consegue comer com os molhos sem se sentir enjoado pela quantidade de óleo comum nos fondues tradicionais. Eu confesso que continuei comendo porque o olho grande é maior que tudo em mim! Mas realmente é muita coisa para se comer, então acho interessante experimentar a sequência de fondue na pedra com calma, conversando, curtindo o momento romântico e especial e de preferência em um dia que você não esteja de barriga cheia (falou a gulosa em pessoa kkk). Enfim…apesar de caro em comparação às outras casas de fondue de Gramado, posso dizer que esta foi a única que decidi recomendar porque é realmente maravilhosa.

Zelão Churrascaria em Gramado

Visitar o Sul do Brasil sem ir a uma churrascaria é um verdadeiro pecado. Pecado este que nem me importei muito, já que não sou muito fã de carnes; mas esta realidade estava com os dias contados. Ainda em Gramado, na Avenida das Hortênsias, passamos em frente a Churrascaria Zelão e como estava próximo da hora do almoço (a barriga avisou o horário), decidimos estacionar e entrar. Vocês podem até rir de mim, mas a primeira coisa que percebi foi: teto alto! De cara eu não curti muito, mas decidi dar uma chance e experimentar, afinal de contas, o teto era alto, mas era todo de madeira e a luz não era fluorescente kkk! Enquanto me dirigia à mesa, fui reparando em todo o local: trata-se de uma churrascaria frequentado por locais, com um amplo salão, um serviço muito atencioso, comida saborosa (as carnes também) e preço compatível com o de churrascarias. Já que estava ali, fui me abastecer de saladas e pasteizinhos – eu adoro pastel, mesmo em churrascarias, nas ilhas do local. Há uma ilha para queijos e antipasti e outras duas ilhas com outras opções de comida; as carnes são oferecidas na mesa e preste atenção para provar a costela assada no local…divina! Não saia sem prová-la. Mas se quiser algo mais “low profile“, prove o maravilhoso pão de alho e se puder traga um para mim kkk. Como se não bastasse toda aquela comilança, avistei o carrinho dourado do pecado, digo da sobremesa, passando pelo salão e imediatamente garanti um pedaço de bolo de chocolate, porque não sou boba nem nada. Como de praxe, a sobremesa é cobrada à parte mas foi aprovada, muito gostosa! Bem, eu já disse que não ligo para carnes, mas a carne da churrascaria Zelão vale a sua visita!

Chocolate Lugano em Gramado

Em Gramado você encontra 2398734735463526 opções diferentes de chocolaterias e fica até complicado escolher em qual delas você entra. Mas eu já conhecia a Lugano de outos carnavais e como sabia que era uma delícia, entrei de novo! Fui na Lugano da Borges de Medeiros não só pelo chocolate, mas vou confessar sem vergonha alguma: queria me sentar na cadeira de lá que me lembrou a cadeira do filme Alice no país das maravilhas kkk.  Sentei-me na cadeira da Alice e rapidamente o chapeleiro maluco (garçom) veio me atender; senti-me tão rycah que decidi pedir um chocolate quente para dar “pinta” e estava mesmo uma delícia; já meu marido foi conquistado pela foto de uma linda torta de tiramissu do cardápio e voilá…foi a pior “torta”de tiramissu que provei na minha vida, realmente gordura pura, fuja deste tiramissu do mal! Já os chocolates…Adorei! A loja é também uma fábrica e anexo à ela funciona o museu do chocolate. Preciso dizer que de tanto chocolate que comprei entrei sem pagar no museu? Acho que não, né?!? Mas foi bem isso! O museu é bem bacana, com esculturas esculpidas em chocolate puro e o cheiro é inebriante. Dentro do museu da Lugano você ainda prova um copinho de chocolate (branco ou ao leite) da casa enquanto observa uma linda Torre Eiffel toda em chocolate. Olha, é uma perdição de passeio! Na Lugano você também encontra chocolates diet e sem lactose, então não espere e vá logo!

BierGarten ou Alemanha Encantada em Gramado

Quer comer um podrão caprichado com sotaque alemão em Gramado? O Bier Garten esta aí para isso! Este restaurante é meio “temático”; na entrada tem uma torre muito alta (que é até ponto de referência do restaurante onde você paga para ver a vista lá de cima, mas não fui na torre , conhecida como Torre da Princesa Rapunzel) na entrada e um lago com decoração alemã. Os funcionários te atendem vestidos a caráter e fica bem próximo ao Lago Negro. Como a fome bateu mas não era grande, fui de cachorro quente e posso dizer que estava uma delícia! A salsicha é bem saborosa, a mostarda também e até mesmo o chucrute que não me agrada muito…agradou! Recomendo para refeições rápidas.

Holic em Canela

Você gosta de macarrons? Se você gosta, precisa visitar a Holic, em Canela. A Holic é uma patisserie francesa localizada quase em frente à Catedral de canela, na Avenida Borges de Medeiros e vende não só macarrons mas também doces maravilhosos, espumantes e cafés. Tudo é feito nos mínimos detalhes. Ao entrar na patisserie você se sente na França! Os doces parecem saídos de um editorial gastronômico e você fica até em dúvida se podem ser comidos porque são tão bonitos…Mas o melhor de tudo é que o atendimento é realmente muito bom. Eles explicam cada doce e como já devem ter percebido, sou uma formiga, por isso, escolhi alguns macarrons para degustar no local (gostei muito do de bergamota = tangerina) e comprei outros docinhos para degustar no Hotel. Meu preferido é o doce chamado Chocaholic, uma delícia, mas também gostei muito do 220 Volts, do Pecadora e claro, do Opéra. Enfim, qualquer doce no Holic é uma delícia; vá e prove!

Por hoje é só de dicas gastronômicas, mas nos próximos posts darei mais dicas de Gramado. Gostaram do post? Então deixe seu comentário, sua dica ou crítica e não esqueça de se inscrever no blog para receber as novidades em primeira mão. Bye e bom fim de semana…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s