A saga do carrinho de bebê

baby2

Eu não sei vocês, mas por enquanto, ainda não sou mãe, então sou um pouco ignorante neste aspecto de babies e todo o seu universo, que é bem vasto por sinal! Por isso hoje contarei para vocês uma situação meio tragicômica que aconteceu com nós dois em nossa última viagem aos EUA: a saga do carrinho de bebê! Acompanhem…

Tudo começou com a minha brilhante ideia de trazer um carrinho de bebê para uma amiga que estava grávida e decidiu comprar o carrinho do seu bebê. Eu, claro decidi fazer uma boa ação e me ofereci para trazer o carrinho de bebê, afinal de contas…não me custava nada fazer esse favor. Mas mal sabia eu que custaria sim…e muito! kkk

Lembro de termos entrado na loja de bebês em Orlando chamada Macrobaby e depois de muitas consultas e opiniões fechamos o modelo do carrinho de acordo com o que a mãe da criança desejava, mas para fazer outra boa ação, decidi que já que ia trazer o carrinho (que aliás era muito mais barato do que comprando aqui no Brasil) deveria embalá-lo de forma que ele ficasse bem protegido e olha…que ideia infeliz que eu tive! Na loja, obviamente, eles me apresentaram inúmeras possibilidades de trazer o carrinho, mas como eu havia comprado de presente o tal do bebê conforto, a caixa não caberia dentro da minha mala. Infelizmente eu já estava com 2 bagagens então já sabia que iria pagar uma bagagem extra, o que não me custaria nada já que minha amiga (e mãe da futura criança) prontamente foi se comprometendo a pagar diante da minha boa-vontade em trazer o carrinho dela rs.

stroller

O que eu simplesmente não contava era com o volume de todo esse “pacote”. Com o carrinho + bebê conforto juntos, eu fui apresentada à uma nova alternativa: adquirir uma mala da própria loja para trazer o carrinho junto com o bebê conforto embalados de forma segura para serem despachados ao Brasil. Acontece que: a mala custava U$39,00 dólares, MASSSSSSS para a loja embalar todos os dois produtos de forma segura eu também teria de desembolsar U$36,00 dólares e além disso, teria de ir até o depósito da loja que ficava há uns 5 minutos de carro da loja em questão. Já estava na chuva mesmo…resolvi embalar tudo maravilhosamente perfeito para que nada desse errado. O carrinho era um favor, mas o bebê conforto era o meu presente, então queria dar o presente inteiro.

Fomos no depósito que aliás era IMENSO, esperamos o produto ser embalado e saímos felizes e contentes com uma mala que gente…era o maior trambolho que já vi na vida! Eu cabia dentro da mala kkk! Mas o que a gente não faz por uma amiga, não é verdade? E finalmente nosso pesadelo começou: na hora de voltarmos para o Brasil!

Todo final de viagem é aquele momento de saudade do destino que você ainda nem deixou misturado com a vontade de chegar logo em casa e deitar na sua cama. Mas olha…nosso fim de viagem foi com emoção. Tudo começou no balcão da Cia aérea; quando fomos fazer o check in de volta para o Brasil, de cara já foram nos cobrando U$100,00 dólares por despachar uma terceira mala (até aí nenhuma surpresa, já contávamos com isso mesmo), acontece que logo em seguida a atendente já foi cobrando mais U$75,00 dólares porque a mala do carrinho (da marca da própria loja que te empurra esta mala por ser uma mala que vai caber o carrinho junto com o bebê conforto sem problemas) não atendia às especificações de tamanho exigidas pela Cia aérea, ou seja, a mala era MUITO maior que o tamanho permitido! Puts…por quê a loja não informa esse detalhe tão importante na hora de te oferecer a maldita mala?

Não teve jeito…era pagar ou largar a mala com tudo dentro lá no aeroporto de Orlando! Enfim…Pagamos! Mas ainda não tinha acabado…tivemos claro, que declarar esta mala ENORME na alfândega brasileira, o que nos custou alguns reais a mais e uma grande dor de cabeça. Depois disso tudo, voltamos com a certeza de que os carrinhos podem até ser baratos nos EUA, mas todo o cuidado é pouco na hora de embalá-los, porque com toda essa “saga” acabamos pagando mais caro no combo “Mala+arrumação+terceira bagagem+excesso de medida+ alfândega” do que o valor total do carrinho de bebê! Então antes de pensar em trazer um carrinho dos EUA, avalie se realmente vale a pena todo esse custo e dor de cabeça, porque somando tudo o que pagamos…ainda deu mais BARATO que no Brasil!!! hãaaaaaa?

Sim…Isso mesmo! Apesar de todos estes custos extras o carrinho junto com o bebê conforto custaram mais baratos do que se comprados aqui no Brasil, mas realmente deram MUITA dor de cabeça! Se você não tem problema com dinheiro, se joga; mas se o seu dimdim é suado, avalie toda esta questão, pois aqui no Brasil existe o parcelamento quando o item é caro, já no exterior essa prática não existe e com isso ou você paga à vista, em espécie ou paga com o cartão de crédito, que além de não poder ser parcelado ainda virá acrescido do IOF de 6,38% com a taxa do dólar do dia em que a fatura foi emitida.Vale lembrar que o valor do dólar nos cartões de crédito são sempre mais altos do que o valor do dólar turismo. Então meu povo brasileiro…bora ficar de olho heim!

Bem, essa foi a minha saga do carrinho de bebê. E vocês, já tiveram dificuldade ou passaram por alguma situação parecida depois de terem comprado algo nos EUA para despachar para o Brasil? Deixem aqui o comentário ou dicas do que fizeram nestas situações, toda dica será bem-vinda! Aproveitem e inscrevam-se no blog para ficar por dentro de todas as coisas que acontecem por aqui e se puderem, deixem um like/curtida para ajudar o blog. Espero que tenham gostado desta saga e nos encontramos em breve no próximo post. Beijos mil…

 

2 comentários sobre “A saga do carrinho de bebê

  1. Michelly 5 de setembro de 2017 / 09:54

    Kkkkkkk….
    Meus patins seriam bemmmm mais simples 😜🤣🤣🤣

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s